Amazon View!

Jornalismo | Reportagens

Devoção de Salvaterra a virgem da Conceição

A última festa em homenagem à padroeira de Salvaterra, Nossa Senhora da Conceição, reafirmou a grande devoção do povo católico daquela cidade paraense à Santa, além de turistas e romeiros de Belém e localidades da ilha de Marajó. Mais uma vez as ruas de Salvaterra ficaram pequenas para receber a multidão que acompanhou a imagem da Conceição no Círio, realizado no segundo domingo de dezembro.

O cortejo religioso começou às 7h, passando por quase todas as ruas da cidade, num percurso de dez quilômetros, durante quatro horas.

Muitos dos fiéis participaram da romaria montados em cavalos e búfalos. Outros, preferiram o uso de charretes.

O Município de Salvaterra, localizado na ilha de Marajó, fica a 83 quilômetros de Belém. É um local de grande afluência turística pelas belas praias que possui e campos verdejantes, onde são desenvolvidas atividades agropecuárias.

Por se tratar de uma ilha onde o progresso ainda não fez a conexão com o continente através de pontes, o acesso a Salvaterra só é possível por barcos ou através de pequenos aviões.

A devoção à Nossa Senhora da Conceição vem de 81 anos, com o Círio sendo realizado sempre no primeiro domingo de dezembro. Na véspera, acontece a Trasladação da imagem da Santa, uma romaria que arrasta milhares de fiéis que fazem o mesmo percurso do Círio, de maneira inversa. Nas duas ocasiões, o povo saúda a Padroeira com fogos de artifício e chuvas de papel picado. (Apolonildo Britto – Revista Amazon View – Edição 28)

 
Apolonildo Brito

OUTRAS

Parceiros