Amazon View!

Jornalismo | Reportagens

Grupo Ajuri resgata raízes folclóricas do Amazonas

Pesquisadores e coreógrafos do grupo oficial do Boi Garantido procuram resgatar a cultura regional, buscando informações junto às populações tradicionais e, através de estudos, dar conteúdo mais original ao folclore que vem se desenvolvendo na Amazônia. Com esse objetivo o Grupo Ajuri tem se destacado pela forma com que vem enriquecendo o folclore regional e renovando os conceitos das tradicionais toadas e bailados.

Formado em 1984, o Grupo Ajuri é composto por 30 dançarinos e 15 músicos, maioria parintinense, dois amazonenses e quatro peruanos, foi o primeiro da região a participar de festivais de músicas tradicionais na Europa. O importante é que o Ajuri faz atualmente um trabalho de pesquisa sobre danças e ritmos tradicionais da região, buscando nas raízes do folclore, como Çairé, Gambá de Borba, Marambiré de Alenquer e Carimbó, o conteúdo temático para as apresentações.

O objetivo é resgatar, divulgar e preservar a verdadeira identidade cultural da região amazônica, bem como despertar nos jovens a consciência, o interesse e o compromisso com a arte. O excelente resultado alcançado pelo trabalho do grupo deve-se também ao talentoso coreógrafo, folclorista, dançarino e pesquisador Manoel Marcos Moura ou Marcos Boi, como é mais conhecido, que já dança há doze anos e há algum tempo está ao lado do grupo reforçando todo o apanhado cultural da região e mostrando nas academias e oficinas por onde anda, a coreografia original que ele aprendeu visitando algumas tribos indígenas, comunidades tradicionais da Amazônia e as mudanças que o antigo bailado vem sofrendo.

Além de ser grupo oficial do boi bumbá Garantido, o grupo Ajuri espera patrocínio para gravar o CD “Resgate Amazônico”, com músicas tradicionais folclóricas de autores desconhecidos. O 2º CD é de composições próprias relacionadas com os ritmos e inspirações do cenário amazônico. Em agosto, o grupo embarca para São Paulo, para o Festfolk, o maior festival de folclore da América Latina. (Apolonildo Britto - Revista Amazon View – Edição 46)

 
Apolonildo Brito

OUTRAS

Parceiros