Amazon View!

Matérias Temáticas | Turismo

Presidente Figueiredo, a Terra das Cachoeiras

O planeta Terra, na sua evolução, brindou com um dos mais belos paraísos ecológicos os habitantes de Presidente Figueiredo, situado em plena floresta amazônica. Desconhecido e selvagem, exuberante e variado, numa intrincada cadeia de ecossistemas, formando uma das maiores biodiversidades do Amazonas, o Município pulsa neste oceano de fertilidade à espera dos amantes da ecologia e aventura. Prepare seu espírito, escolha o roteiro e curta o lazer.

O Turismo é uma das atividades que mais produzem receita e criam condições para uma mudança social e econômica, gerando renda, emprego e melhorando a qualidade de vida da população. Em Presidente Figueiredo este segmento está ligado intimamente à conservação ambiental, exigindo dos governantes um sólido planejamento devido à sua complexidade.

O Município possui uma infinidade de atrativos naturais, destacando-se belíssimas cachoeiras e cavernas, rios e igarapés, corredeiras e lagos formando um labirinto de diferentes ecossistemas onde a vida pulsa esbanjando cores, sabores e sons vindos do coração da  floresta. O potencial turístico começa a ser explorado de uma maneira mais racional, minimizando o impacto social e ambiental. Contudo a sobrevivência irá depender de certos fatores mercadológicos, atendimento  cortês  ao turista,  saber de seus desejos e estimar suas dimensões.

O ecoturismo deverá  ser a  atividade com maior capacidade de atrair investimentos propiciando a implantação de projetos na selva, nos lagos e criando uma oferta de produtos e serviços direcionados ao turismo.

A aventura descortina-se sob a pele morena e cativante do povo local, aliado à emoção de poder sentir e viver na natureza a vida selvagem vibrar no vôo das araras e seus filhotes, as gigantescas árvores, o gavião real máquina de guerra voadora, o  tucunaré e o aruanã lutando contra as linhas de fly, os papagaios e as guaribas anunciando a pintada à espreita  de uma paca, cotia, veado ou um porco  do mato, as cavernas e grutas, um passeio  de  voadeira nos rios,  provar  o  sabor do  cupuaçu,  buriti e bacaba,  saborear um peixe na folha da banana ou simplesmente com sal, água, cebola, tomate e farinha d’água sem faltar a pimenta e está pronta  a famosa caldeirada, sentir a chuva de um temporal e a floresta  exalando um cheiro  inebriante e assustador, tomar um banho de cachoeira e sentir a fria água das veias  que cortam a selva. Aproveite para deixar  o corpo dourar ao sol, enquanto as folhas dançam ao vento; desbrave o desconhecido num rappel ou  tirolesa; que tal um rafting ou o acqua ride? A caminhada noturna entre grilos e sussurros de uma vontade de desbravar o o que está escondido. Estes são  programas inesquecíveis para curtir uma   aventura em plena floresta.

 

Características Gerais:

Localização:  107 km - Norte de Manaus

Acesso: BR-174  Manaus - Boa Vista

Altitude:  120m acima do nível do mar

Área:  24781 km²

Temperatura Média:  de 22 a 35 graus

Principais Rios: Pitinga, Uatumã,

Alalaú, Urubu e Urubuí

Agência Bancária:  Bradesco

1 Hospital e 3 Postos de Saúde

1 Hidrelétrica

1 Reserva Indígena

1 Mineradora

Rede de Abastecimento de Água

com características minerais

Rede de Esgoto com Tratamento

Restaurantes, Hotéis e Pousadas

Agência dos Correios

Delegacia de Polícia

TV: Band, Globo, SBT

Estações: Rodoviária e de Rádio 

Serviços de Táxi e Ônibus

 

Informações ao Turista

Presidente Figueiredo possui 45 cachoeiras catalogadas, nove corredeiras, sete cavernas, grutas e sítios arqueológicos, pontos de observações de pássaros e animais da floresta  amazônica, artesanato indígena,  grandes reservas de minérios, centro de preservação da fauna e flora,  museu, piscicultura e agricultura.

 

Unidades de Conservação

Rebio Uatumã: Localizada entre os Municípios de Presidente Figueiredo, São Sebastião do Uatumã e Urucará, é um dos mais importantes refúgios da biodiversidade da Amazônia, preservando importantes rios da região, a flora a fauna, está representada por diversas espécies de macacos, peixe-boi, galo da serra, araras, onças,  pirarucu, ariranhas, sendo permitida apenas a pesquisa de baixo impacto.

APA Caverna do Maruaga: Localizada no Km 9 da Rodovia AM-240, possui uma galeria de 380m de extensão. É formada por arenito sob a ação das chuvas e do vento. Seu nome é uma homenagem ao chefe indígena Waimiri Atroari.

A fauna, a fauna e a Hidrelétrica de Balbina: Com uma área  alagada de 1580 km² foi criado um centro de proteção ambiental cuja finalidade é a pesquisa e a implementação de ações no rio Uatumã visando minimizar o impacto ambiental, que surgiu com o represamento do dito rio. O centro estuda a fauna e a flora, liminologia, sismologia, arqueologia e solo. No lago, divirta-se com pesca do tucunaré e da piranha; aproveite a fauna e faça tour de voadeira, observando a vida animal. Na Vila de Balbina você encontra hotel, pousada, aluguel de botes com guia, restaurantes, comunicação e outros serviços.           

Waimiri Atroari: Cortando 125Km da  reserva, a partir do Km 208 até ao 326 da BR-174 você está nas terras da nação Waimiri-Atroari. É preciso entender que os silvícolas tiveram sérios confrontos desde a construção da estrada e do lago de Balbina. Estes contatos reduziram seus valores e quase fizeram desaparecer um dos mais importantes grupos indígenas do Brasil. O programa PWA pela Eletronorte e Funai  garantiu a sobrevivência, a educação, a terra e saúde, criando para as futuras gerações condições de segurança para crescerem dentro da sua cultura.

Pitinga: É uma área explorada pelo grupo Paranapanema a partir do Km 245 de uma estrada vicinal que dá acesso à Vila do Pitinga. Possui uma infra-estrutura onde mais de duas mil pessoas residem; a mina gera recursos federal, estadual e municipal, onde se explora estanho, zirconita, columbita, tantalita e xenontina e mais recentemente o nióbio e criolita.

A vila é dotada de água tratada, energia  elétrica de uma hidrelétrica, hospital, banco, correio, telefone, supermercado, clube e TV via satélite.

Jayoro: Localizado na BR-174, a usina é a única no Estado a produzir em larga escala açúcar mascavo. É fabricado para uma empresa do Parque Industrial de Manaus, onde se transforma em concentrado de refrigerante Coca-Cola.

 

Comheça um pouco mais:

Etnia: Waimiri Atroari

Grupo Lingüístico: Karib

População: 936 índios - 10/06/2002

Localização: Norte do Amazonas e sul do  Estado de Roraima

Costumes: Vivem da caça, pesca e coleta de frutos; cultivam roças e estão nos festejos tribais “Maryba” os rituais de iniciação dos meninos, realização de casamentos e  fortalecimento dos laços políticos.

 

Rota do Ecoturismo

Nosso destino é oferecer aos visitantes um turismo sadio e uma política voltada para o fortalecimento do setor; apostamos na grife AMAZÔNIA, cujo marketing será desenvolvido para marcar momentos que são eternos na vida de cada um e a criação de um conceito pela vocação do lugar, percebendo-se claramente as oportunidades que tornem possível atingir os objetivos.

 

Asframa: Km 96 da BR-174

Iracema: Km 115 da BR-174

Indiana Jones: Ramal do Urubuí Km 4

Lajes: Km 113 da BR-174

Pedra Furada: Km 57 da AM-240

Porteira: Km 13 da AM-240

Santuário: Km 12 da AM-240

Sussuarana: Vila de Balbina

 

Os Caminhos da Aventura (Fácil de conhecer - difícil de esquecer):

Corredeiras: Acesso pela BR-174

Urubuí - Km 107 à esquerda

Panorama - Km 109 à esquerda

Camarão - Km 109 à esquerda

Santa Lúcia - Km 113 à esquerda

Lages - Km 113 à direita

Santa Bárbara - Km 09 ramal do Urubuí

 

Acesso pela AM-240

Refúgio Ecológico - Km 09 à direita

Balneário Água-viva - Km 12 à direita

Santo Amaro - Km 20 à esquerda

Rio das Pedras - Km 22 à esquerda

Uirapuru - Km 32 à esquerda

Barreto - Km 65 à direita

Cavernas:

Galo da Serra, Araras  e  Iracema - BR-174 Km 115 à esquerda entrada na Iracema Falls.

Raio - Km 01 à direita da AM-240

Refúgio do Maroaga - AM-240 Km 06 à direita da estrada da Balbina

Batismo - Estrada da Morena

 

Rios e Igarapés:

Urubu, Urub uí, Veado, Lages, Mutum, Uatumã e Tucumanduba

 

Lagos:

Lago da Hidrelétrica de Balbina e do Rio Uatumã. Entre a cachoeira da Morena e o igarapé Tucumanduba existem pequenos lagos favoráveis à pesca esportiva. É uma oportunidade única de observar o peixe-boi, a ariranha, pirarucu e tartarugas. Para os aficcionados da pesca é uma boa chance de pegar o rei dos rios: o tucunaré ou uma grande piranha.

 

Observação de Pássaros:

Segundo estudos realizados pelo ornitólogo Robson Czaban, existem mais de quatrocentas espécies  de  aves e 17 são migratórias. As observações podem ser feitas em diferentes pontos como na APA- Urubuí, Comunidade Cristã (Km 32 da AM-240) e no lago de Balbina. Destacam-se as araras, mergulhões, gaviões, papagaios, beija-flores, garças, tucanos e o raro galo da serra e uirapuru.

 

Sítios Arqueológicos:

Comunidade Cristo Rei - Km 28 da AM-240

Comunidade Boa Esperança - Km 120 à direita

Jardim Floresta - Km 126 à direita

 

Onde Ficar:

Existe uma oferta bastante variável dos meios de hospedagens. Ao todo são 480 Uhs o que equivale a 1248 leitos. A maioria possui TV, frigobar, ar-condicionado e  água quente, sol na piscina e restaurante. Pesquise antes  de se decidir.

 

Hotéis

 Maroaga - Tel. 324-1110 (Dona Zilda e suas estórias sobre Figueiredo. Vale a pena uma prosa com ela).

Vitória-Régia (Balbina) - Tel. 312-1282

Cachoeira do Urubuí - Tel. 324-1186

Alalaú  - Tel. 324-1217 (será o novo point da cidade).

Muiraquitã - Tel. 9117-9466

Santuário - Tel. 642-1078 (Situado em área de RPPN, a passarela  na mata leva a um dos maiores atrativos naturais do Município, a famosa Cachoeira do Santuário).

 

Pousadas

Cuca Legal - Tel. 324-1138 (uma das melhores com serviços diversos).

Jibóia - Tel. 324-1228 (Simplicidade com estilo. Toinho recebe muito bem. Pergunte do pernoite na selva com guias no rio Urubu.)

Pedras - Tel. 324-1296

Tukanus - Tel. 324-1404

 

Chalés

Water Park - Tel. 234-1411 (Parque Aquático, possui restaurante e corredeiras. Podem ser praticados bóia-cross, bike, trekking, rafting).

Iracema Falls - Tel. 234-5500 (Trilhas de trekking, cavernas, corredeiras e bike. Muita aventura no meio da floresta, área de hospedagem e  a fauna e A/B. Neste local é possível observar o galo da serra e animais selvagens.

 

Onde Comer:

Café Regional Priscila

Restaurante Xodó da Cidade 5

Churrascaria Paulista

Restaurante Skina da Índia

Pizzaria Gula Gula - Centro

Dica: experimente o carneiro guisado e as macarronadas do restaurante Italiano acompanhado de um bom vinho. Fica no ramal do Urubuí km 7.

Dica:

Artesanato Waimiri-Atroari pode ser adquirido na reserva no km-208 ou no site: www.waimiriatroari.org.br.

O apoio que o prefeito Romeiro Mendonça dispensa ao calendário de eventos cria um fluxo turístico sem igual em todo o Estado, movimentando a economia e toda infra-estrutura que este segmento oferece. Segundo José Maia, secretário municipal de  Turismo e Meio Ambiente, a diversidade do ecossistema de Presidente Figueiredo é hoje uma grande alavanca de lazer e turismo para os visitantes. Os eventos que são desenvolvidos atualmente criarão condições necessárias para atrair investimentos, levando o turismo a crescer de uma forma qualitativa no Município. Nunca vá para a floresta desacompanhado. Consulte sempre um guia. (Publicado na Revista Amazon View – Edição 47)

 
Apolonildo Brito

OUTRAS

Parceiros