Cultura | Ecologia | Fauna | Flora | Lendas | Turismo |

Matérias Temáticas » Flora

   

Flora

Cattleya violácea, a preciosa orquídea brasileira

A Amazônia pode não deter o maior número de gêneros e espécies de orquídeas do Brasil, mas com certeza tem revelado as mais raras e formosas do mundo, dentre elas a Cattleya violácea variedade amena, descoberta recentemente em Roraima. A Cattleya, aliás, é considerada a mais preciosa das orquídeas do Brasil e caracteriza-se pelas flores fortemente avermelhadas. Há também flores arroxeadas e labelo purpúreo e muitos outros matizes.
ver mais
»
 

   

Flora

A triste sina dos castanhais da Amazônia

A castanheira é uma das mais nobres e generosas das árvores da Amazônia, chegando a 50 metros de altura e até à idade estimada de 1.200 anos, produzindo frutos. Apesar das fases de fastígio, os projetos agropecuários e madeireiros foram devastadores para os imensos castanhais da Amazônia, fazendo “cemitério de castanheiras” pela região.
ver mais
»
 

   

Flora

Camu-camu lidera em vitamina C

O camu-camu é um fruto encontrado na Amazônia, às margens dos rios e lagos, geralmente de água preta. Apesar de ter alto valor nutritivo, ele foi praticamente ignorado pelos caboclos da região, que dele se valia apenas para tira-gosto ou isca para peixe. Pesquisas dão conta que o camu-camu possui vitamina C natural 13 vezes maior que a do caju, 20 vezes mais que a acerola e 100 vezes superior ao limão,
ver mais
»
 

   

Flora

Copuaçú, a delícia que conquistou o mundo

Dizem que o cupuaçu é uma fruta originária da Amazônia, exagerada por natureza: é grande, pesada, volumosa, perfumadíssima e saborosa. Pertence à mesma família do cacau. A polpa é branca, abundante em volta das sementes, ácida e muito aromática. Pode ser usada como matéria-prima na fabricação de sucos, cremes de sorvete, bombons, geléias, tortas, etc.


ver mais
»
 

   

Flora

Helicônia, nasce uma nova flor

Foi preciso que os norte-americanos descobrissem as helicônias no solo paraense e pirateassem mudas para a Costa Rica, Havaí e Flórida, para que elas fossem reconhecidas. Aliás, elas nem sequer eram consideradas flores ornamentais até bem pouco tempo na região; faziam parte da paisagem botânica do Estado do Pará, como espécie da bananeira braba encontrada na pródiga natureza paraense.
ver mais
»
 

   

Flora

Mogno, o ouro verde da Amazônia

O mogno, que era sinônimo de fortuna no século XVII, virou caso de polícia no limiar do século 21, passando a ser a madeira tropical mais valiosa e ameaçada do planeta. A espécie gerou polêmica e sanção da ONU, que restringiu o seu comércio global. A decisão da ONU, endossada pelo Congresso Nacional, deu novos rumos à extração do mogno brasileiro, inclusive, casos de policia, prisões e outras sanções.
ver mais
»
 

   

Flora

Pau-rosa, o doce aroma da Amazônia

Com nome científico Aniba rosaeodora Ducke, o pau-rosa é uma das espécies vegetais mais estudada da Amazônia. No século 20, essa arvore foi explorada ao máximo para produção de um óleo aromático, elaborado com a madeira triturada. No auge da produção (anos 60), os principais compradores da essência eram empresas estrangeiras de perfumes finos, o que colocou em risco a sobrevivência da espécie
ver mais
»
 

   

Flora

Pupunha, uma delícia da flora amazônica

A pupunha é um fruto bastante popular na Amazônia, fazendo parte do cardápio regional, principalmente no café da manhã e na hora do lanche. Pouco a pouco esse costume cotidiano começa a sumir para fazer parte do reino dos industrializados, em forma de palmito, óleo, doces e outros conservados. A pupunheira é cultivada para a produção de frutos nutritivos e de sabor agradável, consumidos depois de cozidos em água e sal.
ver mais
»
 

   

Flora

Samaumeira, a rainha das arvores mundial

A sumaumeira é uma das maiores árvores do mundo, que chega a 90 metros de altura, destacando-se por seu grande diâmetro unido a sapopembas (raízes expostas), que além de ornamentais, formam verdadeiros abrigos para indígenas, caboclos e sertanejos; Este vegetal também é conhecido como “árvore da vida” ou “escada do céu”.
ver mais
»
 

   

Flora

Seringueira, apogeu e declínio de uma era

Epopéia da borracha brasileira desde os aborígenes até os nossos dias, passando pelo seu período áureo (1870-1011) na Amazônia, pelo contrabando das sementes da Hevea brasiliensis para Indonésia, “Soldados da Borracha”, pelo projeto Ford na região do Tapajós e pela atualidade da produção do produto em todo mundo
ver mais
»
 


  Próximo »

Parceiros